Dimenstein não consegue se explicar e abre a porta para que o Ministério Público investigue sua ONG

O jornalista Gilberto Dimenstein, aquele que faturou mais de R$ 3,7 milhões de reais de dinheiro público com sua ONG “Aprendiz”, e escreve textos publicitários favoráveis ao governador José Serra, tentou se defender de que é um profissional de imprensa chapa-branca a soldo do PSDB. Tentou misturar as coisas e envolver a AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente) na história, coisa que nenhum de nós tinha feito. O que o Dimenstein quer é confundir e com isso acobertar as ilegalidades. Iss  foi tão ruim quanto aquela do presidente Collor que, acuado, no auge da crise que o envolvia, pediu ao povo que no 7 de setembro saísse às ruas de verde-amarelo. E o povo saiu às ruas com cara-pintada e de preto, em sinal de protesto.

A reação contra Dimenstein está no link que anexamos abaixo e você não deve perder a oportunidade de acessar e ler o que as pessoas pensam a respeito deste caso.

Se Dimenstein não se beneficiou dessa dinheirama toda conseguida sem licitação, da turma do DEM/PSDB, então que venha a público e mostre os contratos, mostre que não assinou os contratos e mostre por que o Projeto Aprendiz continua como sendo um filho seu. E parece de fazer na rádio CBN, da Globo, aqueles comentários pró-Serra e Kassab. O MP tem que investigar esse negócio dele.

http://comentarios.folha.com.br/comentarios?comment=18741&done=http%3A//www1.folha.uol.com.br/folha/pensata/gilbertodimenstein/ult508u713626.shtml

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s