Estudantes-terroristas detonam bomba contra professora que os reprovou

 

Uma professora de português da rede pública de ensino de São Gonçalo (RJ) teve uma ingrata surpresa durante uma aplicação de provas na última terça-feira. E não foi com o rendimento de seus alunos. Provavelmente por conta de terem sido postos em recuperação, alguns estudantes da 5ª série colocaram um explosivo de fabricação caseira na bolsa da professora.

A atitudade inconsequente de alguns colocou em risco não só a vida da educadora, mas a própria existência das aulas noturnas na Escola Estadual Desembargador Ferreira Pinto, que estuda acabar com este turno, frequentado em grande por parte por alunos mais velhos. A professora de 31 anos teve seu braço esquerdo queimado e ficou com a audição prejudicada por conta da explosão. Os danos só não foram maiores porque dentro da bolsa estavam diversos materias didáticos, como diários de aula e outras provas, que diminuiram a ação do explosivo.

Segundo a diretora do colégio, a possibilidade de acabar com o turno de noite está sendo estudada junto com a Secretaria Estadual de Educação de São Gonçalo e só será repensada caso haja a denúncia dos responsáveis pelo atentado.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s