Aos 83 anos, dono da "Playboy" ainda faz sexo – com 3 namoradas

A%C3%A9cio+Neves+-+Soldado+no+Front

Hugh Hefner é, realmente, um cara bom.

Aos 83 anos, ele mantém o ritmo de 56 anos atrás, quando pôs nas bancas a primeira edição da revista “Playboy” .

Segundo o repórter Brooker Barnes, do “The New York Times”, Hugh nem pensa na morte. “Ainda trabalha o dia inteiro na revista Playboy, voa constantemente para a Europa e Las Vegas, toma Viagra, visita clubes noturnos com suas três namoradas – jovens o suficiente para serem suas netas – e trabalha em um filme”.

O quê?

01. Viaja sempre para Europa e Las Vegas
02. Toma Viagra
03. Tem três namoradas com idade para serem suas netas

Realmente, o Hugh é um cara bom. Está todo pelancoso, parecendo um maracujá velho, mas mantém o ritmo.
A única coisa que o incomoda é a surdez. Tá ereto, graças ao Viagra, mas surdo. O que é uma surdez se comparada com uma impotência???!!!

A “Playboy” andou sofrendo queda de vendas e a empresa do Hugh enfrentou dificuldades econômicas, mas ele segue firme em sua atividade hedonista. Nem mesmo vingou uma ideia de pôr à venda a revista, que símbolo da liberação sexual americana.

Ele disse que a vida não tem sentido sem a Playboy: “Se eu vendesse a revista, minha vida estaria terminada”, desabafou.

Mas espera não ter de usar tão cedo a sepultura que comprou num cemitério de Los Angeles ao lado da tumba de Marilyn Monroe.

As namoradas/companheiras de Hugh o ensinaram a usar o Twitter. (“Vou jogar baralho hoje à noite” é uma de suas últimas mensagens). Recentemente, ele filmou um comercial segurando o cachimbo que abandonou depois de sofrer um pequeno infarto em 1985. Ele também sofreu humilhações pessoais. Ex-namoradas o retrataram em entrevistas como um “controlador” que impõe toque de recolher às 21h.

A própria mansão já teve dias melhores. A casa de jogos cheira a mofo, enquanto a gaiola de pássaros precisava de uma faxina. A famosa gruta com Jacuzzis de diversas profundidades parecia mais um tanque fétido de zoológico do que um palácio do prazer, embora as prateleiras próximas estivessem estocadas com enormes frascos de óleo para bebês da Johnson’s.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s